Project

RESEARCH

PROAAcXXIs - Projecções das alterações climática nos açores para o século XXI: Implicações hidrológicas de interesse agronómico e ambiental

  • Team:
  • Type: PO Azores Project
  • Category:Regional Research Project
  • 2016 to 2018

Summary

De entre os factores ambientais que determinam os meios de subsistência ou a competitividade de uma região, o clima, ou aspectos dele derivados, quer entendido como recurso, quer como factor limitante, assume papel de grande relevância. Nas ilhas, o Clima é a única fonte natural de água doce (precipitação), condiciona os mecanismos relacionados com o seu retorno à atmosfera (evapotranspiração), e também controla, através da forma como chove, os processos responsáveis pelas reservas hídricas, pela disponibilidade de água no solo, e por todo um conjunto de fenómenos associados ao escoamento, alguns benignos (caudais ecológicos, zonas húmidas, reservas energéticas), outros mais agressivos para o meio ambiente e para o homem (erosão, cheias, movimentos de massa).
O Fifth Assessment Report (AR5) do IPCC, não só actualiza as conclusões dos seus antecessores, como reforça a evidência da extrema vulnerabilidade das pequenas ilhas face ao clima e às alterações climáticas. Particular relevância é dada às questões relacionadas com o ciclo hidrológico nas ilhas por se revelarem vitais e transversais a todos os domínios da realidade insular, designadamente as relacionadas com: (i) a habitabilidade, salubridade e actividade económica (água potável); (ii) a segurança das populações, bens e recursos (escoamento); (iii) a segurança alimentar e sustentabilidade dos sistemas agrícolas e agro-pecuários (secas, balanço hídrico, água no solo e abeberamento); (iiii) a manutenção dos ecossistemas naturais incluindo a biodiversidade. São também estas as vulnerabilidades identificadas nas ilhas dos Açores.
O projecto PROAAcXXIs pretende colmatar a falta de conhecimento dos processos hidro-climáticos nas pequenas ilhas num enquadramento de mudança climática e, em simultâneo, gerar e disponibilizar informação de apoio à decisão a uma escala compatível com a atividade dos principais setores que dela dependem (agricultura e ambiente). Particular ênfase será dado ao estudo dos regimes de precipitação e fenómenos associados (secas e escoamentos). Para além das metodologias já desenvolvidas e testadas com êxito em ambientes insulares no que diz respeito à capacidade de geração de variáveis climáticas a uma escala compatível com as características das pequenas Ilhas, serão concebidas novas metodologias para um modelo conceptual integrado de natureza hidrológica que, através de um balanço hídrico sequencial, permita o acompanhamento distribuído (em toda a superfície das ilhas) das condições hídricas, quer nos ecossistemas naturais, quer nos ocupados por actividades agrícolas e florestais. O projecto assenta nos seguintes quatro objectivos genéricos: (i) diferenciação da variabilidade climática normal da alteração climática; (ii) projecção do clima futuro para os três grupos de Ilhas dos Açores com a adopção de um Representative Concentration Pathway; (iii) concepção e operacionalização de um modelos físico de balanço hídrico integrado com maior resolução espacial baseado num conhecimento científico mais aprofundado dos processos naturais (ecossistemas naturais) e artificiais (ecossistemas agroflorestais); (iiii) criação de uma plataforma de SIG online vocacionada para a divulgação pública da informação relevante, designadamente o acompanhamento de índices de seca (SPIs), água no solo, infiltração, escoamento. A partir da informação de base gerada prevê-se ser também possível fornecer sequencialmente e de forma atualizada outros indicadores de natureza climática, designadamente; índices de conforto, temperaturas e horas de frio, taxas fotossintéticas, etc..

Funding Institution

PO Azores 2016-2018.

Partners

Instituto Superior de Agronomia, Lisboa, Portugal & Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, Portugal.